Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Pinto vai dar consultoria a Pedrosa

  • 333

Fernando Pinto volta a ser presidente do conselho de administração da TAP, de onde Humberto Pedrosa e David Neeleman saem

José Caria

Presidente da TAP será consultor em transporte aéreo da sociedade do dono do grupo Barraqueiro

Entre as exigências feitas pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), no âmbito de privatização da TAP, está a experiência dos acionistas privados no sector da aviação. A HPGB, sociedade do empresário português Humberto Pedrosa, dono do grupo Barraqueiro, não tem currículo em transporte aéreo. Por isso, uma das alterações ao acordo parassocial do consórcio Atlantic Gateway (que Pedrosa integra com David Neeleman, acionista da companhia aérea brasileira Azul), segundo apurou o Expresso, prevê que a sociedade do empresário português aprofunde os seus conhecimentos em transporte aéreo e receba consultoria para que melhor possa pronunciar-se enquanto acionista da TAP.

Fernando Pinto foi o especialista escolhido. Em declarações ao Expresso, o presidente da TAP confirma: “Essa foi a exigência da ANAC e existe essa intenção (consultoria), mas o contrato de prestação de serviços ainda não foi assinado”. Tal deverá acontecer quando o processo de privatização da companhia for fechado. Contactada, a ANAC não comenta.


Recorde-se que no início deste mês, a 1 de junho, a TAP notificou o regulador de alterações substanciais à estrutura contratual, relativas ao processo de privatização fechado pelo anterior Governo, em que os privados ficavam com 61% do capital da companhia. O que justificou um novo processo de avaliação da operação de venda, reiniciando-se assim o prazo indicativo de três meses até que a ANAC emita um parecer definitivo sobre a operação.


Leia mais na edição deste fim de semana