Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Preços da habitação sobem 6,9% no 1.º trimestre

  • 333

Dados revelados hoje pelo INE indicam que no primeiro trimestre deste ano, foram transacionados 29.464 alojamentos, dos quais 23.956 correspondem a alojamentos existentes (81,3% do total)

Lusa

O índice de preços da habitação aumentou 6,9% no primeiro trimestre deste ano, face a igual período de 2015, a taxa mais elevada desde o último trimestre de 2013, indicou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Tal como aconteceu nos últimos três trimestres, o índice de preços na habitação registou, em relação ao trimestre anterior, um aumento do nível médio dos preços entre janeiro e março deste ano (1,8%), tendo a subida verificada sido mais acentuado no caso dos alojamentos existentes (2,5%) do que no caso dos alojamentos novos (0,1%), refere o INE em comunicado.

No primeiro trimestre deste ano, foram transacionados 29.464 alojamentos, dos quais 23.956 correspondem a alojamentos existentes (81,3% do total).

Tendo por comparação o trimestre homólogo, o INE refere que o número de transações aumentou 14,6% no primeiro trimestre deste ano.

“É preciso recuar até 2010 para encontrar um primeiro trimestre com um número de transações (32.849) superior ao registado em 2016”, refere o INE.

No entanto, as vendas de alojamentos existentes e novos registaram comportamentos diferentes, com um aumento de 18,8% na habitação existente e uma redução de 0,8% na habitação nova.

Em valor, nos primeiros três meses do ano, as transações de alojamentos familiares atingiram aproximadamente 3,4 mil milhões de euros, mais 400 milhões de euros do que no período homólogo anterior.

A Área Metropolitana de Lisboa e a Região Norte foram as regiões que registaram as maiores percentagens de vendas ocorridas durante o primeiro trimestre de 2016 (35,5% e 29,6%, pela mesma ordem).

Pela primeira vez desde o terceiro trimestre de 2010, o número de transações observado para a Área Metropolitana de Lisboa superou as 10.000 transações.