Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal com segunda menor taxa de empregos disponíveis no 1.º trimestre

  • 333

As menores taxas de empregos disponíveis, segundo o Eurostat, foram assinaladas na Grécia (0,2% no quarto trimestre de 2015), Portugal e Espanha (0,7%) e na Polónia (0,8%)

A taxa de empregos disponíveis na zona euro estabeleceu-se nos 1,7% no primeiro trimestre, acima do período homólogo de 2015 e do trimestre anterior, e Portugal tem a segunda menor (0,7%), divulga o Eurostat.

Entre janeiro e março, a taxa de empregos disponíveis na zona euro subiu 0,1 pontos na zona euro, quer face ao período homólogo quer ao trimestre anterior.

No que respeita ao conjunto da União Europeia (UE), a taxa de empregos disponíveis foi de 1,8% no primeiro trimestre do ano, acima dos 1,7% registados quer no trimestre anterior, quer no período homólogo.

As menores taxas de empregos disponíveis foram assinaladas na Grécia (0,2% no quarto trimestre de 2015), Portugal e Espanha (0,7%) e na Polónia (0,8%), enquanto as mais altas se registaram na Bélgica (2,6%), República Checa, Alemanha e Suécia (2,5% cada) e no Reino Unido (2,4%).

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, o indicador aumentou 0,1 pontos percentuais em Portugal, quer face ao período entre outubro e dezembro de 2015, quer na comparação com o primeiro trimestre de 2015.