Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Avião da TAP que avariou já está a voar para Boston

  • 333

José Carlos Carvalho

O aparelho que inaugurou a nova rota da companhia aérea para Boston, e que não seguiu viagem na segunda-feira rumo a Lisboa devido a um problema técnico, já está a voar de novo

O A330-200, que teve uma avaria na segunda-feira quando se preparava para partir de Boston rumo a Lisboa, já foi reparado e está a voar nesta altura para a capital de Massachusetts.

“O aparelho foi inspecionado no hangar em Lisboa e teve luz verde para voltar a voar, depois de uma equipa de técnicos ter resolvido o problema. Esta tarde, o avião partiu à hora prevista –14h25 – com passageiros para o Aeroporto Internacional de Logan”, afirmou ao Expresso fonte da TAP.

Pouco depois do imprevisto, um outro avião da companhia aérea partiu de Lisboa rumo a Boston com uma equipa de técnicos para buscar os 256 passageiros do voo cancelado na segunda-feira. O aparelho foi logo reparado no local, mas seguiu viagem para Lisboa para ser alvo de inspeção no hangar da TAP. Com o OK final da equipa de manutenção, o aparelho voltou a voar já esta quinta-feira à hora prevista.

Esta segunda-feira, o voo da TAP que fazia a ligação entre Boston e Lisboa foi cancelado devido a um problema no sistema eletrónico. A bordo seguiam 256 passageiros a bordo, incluindo o presidente-executivo da TAP, Fernando Pinto, e o embaixador dos EUA em Portugal, Robert Sherman, que participaram dois dias antes no voo inaugural da nova rota.

Com partida prevista para as 19h45 (0h45 de terça-feira em Lisboa), os passageiros do A330-320 foram mandados sair pelo comandante do aparelho cerca de uma hora depois na sequência da avaria. Foram realizados vários testes e os passageiros chegaram a voltar a entrar no avião – acreditando-se que o problema estaria resolvido –, mas quando o aparelho se preparava para descolar a anomalia repetia-se.

Todos os passageiros foram alojados em hóteis da cidade e terão direito a uma indemnização de 600 euros, tendo a TAP procurado junto dos lesados as soluções que melhor correspondessem às suas necessidades.

Avião cedido pela companhia brasileira Azul

O Airbus 330-200, que efetua a nova rota da TAP, foi cedido pela companhia brasileira Azul, de David Neeleman. Em cerca de uma semana, o avião foi renovado e submetido a todas as certificações de forma a respeitar as regras da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC).

Os dois A330-200, que chegaram a Lisboa no início do mês, vão efetuar – além da rota Lisboa-Boston –, a rota Lisboa-Nova Iorque (Aeroporto Internacional John F. Kennedy), que arranca já no próximo dia 1 de julho.

O objetivo da TAP é reforçar a presença da companhia aérea portuguesa no mercado norte-americano, permitindo aumentar a oferta para 30 voos semanais entre Portugal e os EUA. A procura pelas duas novas rotas está a ser um “sucesso”, segundo a empresa. Durante a cerimónia de inauguração do novo voo da TAP, o CEO da companhia, Fernando Pinto, revelou que o voo para Boston está a ter uma taxa de ocupação na ordem dos 90%, e que a nova rota de Nova Iorque também começa a ter forte procura.