Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Centeno diz em Nova Iorque que o investimento chinês na banca é bem-vindo

  • 333

OLIVIER HOSLET/EPA

Numa altura em o Novo Banco está à venda e a Haitong já assumiu que está à procura de interessados, o ministro das Finanças disse em Nova Iorque que o governo português está aberto ao investimento chinês

Anabela Campos nos Estados Unidos

O ministro das Finanças, Mário Centeno assegura que o investimento chinês é bem-vindo am Portugal. "Estamos a vender um banco (o Novo Banco). Não tem havido qualquer reação negativa ao investimento chinês em Portugal. E por parte do governo também não há", afirmou o ministro das Finanças, no Fórum Económico Europeu-Americano, durante o debate sob tema "A altura para investir na Europa é agora". No debate estava também o ministro das finanças belga, Johan Van Overtveld, e Thomas Barrett, do Banco Europeu de Investimentos. A China recorde-se é a maior acionista da EDP e da REN.

Mário Centeno respondia a uma pergunta sobre o investimento chinês, depois de José Maria Ricciardi, presidente da Haitong (antigo BESI), ter dito no mesmo debate que Portugal é hoje um mercado relevante para a China. E ter defendido que o Haitong Bank, com sede em Portugal, pode ser um pivô importante nas relações entre a Europa e a Ásia. Na plateia estava o presidente do conselho de administração do Haitong Bank, Hiroki Miyazato.

"Portugal tornou-se uma importante plaraforma de investimento para os chineses na Europa. Depois do Reino unido, Itália e Polónia, Portugal foi o país que mais investimento chinês atraiu na Europa em 2015", afirmou José Maria Ricciardi.