Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Teixeira Duarte perde 1300 trabalhadores desde janeiro

  • 333

Em 2016, a Teixeira Duarte reduziu em 1300 trabalhadores o seu universo laboral. Nos últimos 12 meses são 1500 a menos

A comunidade laboral do conglomerado Teixeira Duarte (TD) está a encolher. No fim do primeiro trimestre de 2016, a TD registava 12.002 trabalhadores, uma redução severa (11,4%)face ao ano passado.

No fim de março de 2015, a TD contava com 13.548. Isto é, nos últimos 12 meses cortou 1500 empregos nas várias geografias em que opera. Mas, o grosso dos despedimentos ocorreu já este ano.

Se a comparação for feita com o fim do exercício de 2015, a redução foi de 1300 salários. No fim de 2015, a folha salarial da TD incorporava 13.359 empregados, uma subida ligeira face ao ano anterior (13.261).

Nos últimos cinco anos, o número de assalariados variou entre o mínimo de 10.412 (2012) e o máximo de 13.548 (2015).

Marão, Angola e Venezuela

A conclusão do túnel do Marão terá contribuído para a redução do emprego em Portugal, mas tendo em conta a evolução dos negócios da TD o principal corte ter-se-á verificado em Angola.

A receita em Angola está a cair 38% ( passou de 194 milhões de euros para 120 milhões no 1º trimestre), penalizada em especial pelo colapso do negócio automóvel (-58%).

Dos principais mercados, a Argélia é o único que prospera (+6%). A Venezuela é o mercado que sofre uma redução mais acentuada (- 54%), mas a produção já esteva em queda acelerada, ajustada ao ritmo dos pagamentos.