Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsas mundiais ganham durante a semana, mas PSI 20 perde quase 4%

  • 333

O índice global MSCI registou uma subida de 0,23% durante a semana. A Europa teve o pior desempenho à escala mundial, perdendo 0,64% e o índice PSI 20 da bolsa de Lisboa recuou 3,75%. Melhores desempenhos na China e Brasil

Jorge Nascimento Rodrigues

O conjunto das bolsas mundiais teve um balanço positivo esta semana. O índice mundial MSCI (abrangendo 46 mercados financeiros desenvolvidos e emergentes) subiu 0,23%, puxado pelo bom desempenho da “região” da Ásia Pacífico e das economias emergentes no seu conjunto, cujos índices MSCI subiram 1,19% e 0,98% respetivamente.

A “região” europeia registou o pior desempenho à escala mundial durante esta semana. O índice MSCI respetivo perdeu 0,64% esta semana, com três sessões no vermelho. As piores quedas semanais registaram-se para o índice MIB de Milão, que caiu 3,8%, o PSI 20 de Lisboa, que recuou 3,75%, e o Ibex 35 de Madrid, que perdeu 3,36%. No PSI 20, o pior desempenho semanal verificou-se com o BCP, que caiu 25% - este título acumula uma quebra de 50,92% desde início do ano. Nos periféricos do euro, as bolsas de Madrid, Milão e Lisboa registaram quebras, e as de Atenas e Dublin acumularam ganhos durante a semana.

As bolsas de Nova Iorque registaram um ganho semanal de apenas 0,1%, segundo o índice MSCI respetivo. O índice foi afetado pela queda de 0,29% na sexta-feira, em virtude do “choque” produzido pela divulgação dos números de criação de emprego não agrícola em maio nos Estados Unidos que foram os mais baixos, em termos mensais, desde setembro de 2007.

Os melhores desempenhos à escala mundial situaram-se nas duas bolsas chinesas de Xangai e Shenzhen, com ganhos acima de 4%, na bolsa de São Paulo (o iBovespa subiu 3,2%), e nas bolsas de Atenas (subida de 1,85%) e de Hong Kong (com o Hang Seng a avançar 1,8%).