Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Governo manifesta confiança na Bial

  • 333

Ministério da Economia garante “solidariedade” para com a farmacêutica e incentiva a empresa a “prosseguir a investigação e desenvolvimento em projetos de relevante contributo para a economia portuguesa”

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O Ministério da Economia assegura que "a Bial, sendo uma das mais relevantes empresas portuguesas no domínio da inovação, tem a confiança e a solidariedade do Governo português, bem como o estímulo para prosseguir a investigação e desenvolvimento em projetos de relevante contributo para a economia portuguesa e para o bem-estar dos cidadãos e dos doentes".

É desta forma que o ministério tutelado por Manuel Caldeira Cabral reage à apresentação, pela francesa IGAS (Inspeção Geral dos Assuntos Sociais), dos resultados da investigação sobre o acidente nos ensaios clínicos da molécula BIA 10-2474, da Bial, cujos testes foram conduzidos até ao início de janeiro nas instalações da empresa Biotrial em Rennes, França. Um dos voluntários do ensaio clínico morreu e cinco foram hospitalizados.

"Infelizmente, ainda não puderam ser determinadas as causas concretas do acidente. O Governo português aguarda que a divulgação, que se deseja para breve, dos relatórios médicos de todos os voluntários, dos dados da autópsia do voluntário que lamentavelmente faleceu, bem como dos procedimentos levados a cabo pelo Centro Hospitalar de Rennes, possam ajudar a esclarecer as reais razões deste acontecimento", refere o comunicado do Ministério da Economia, divulgado esta terça-feira.

O Governo diz estar a acompanhar "com especial atenção" o desenvolvimento do incidente ocorrido em janeiro, em Rennes, com a molécula da Bial.