Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Angelina Jolie aceita um novo papel na vida real

  • 333

LOUISA GOULIAMAKI/GETTY

Depois do cinema e do apoio aos refugiados, a atriz vai dar aulas na London School of Economics. Está "ansiosa por ensinar e aprender"

A atriz Angelina Jolie, enviada especial do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), tem mais um papel para protagonizar na vida real, agora como professora visitante da London School of Economics num novo mestrado sobre mulheres, paz e segurança, anunciou hoje a escola inglesa.

O curso, agendado para arrancar no próximo ano letivo, é o primeiro do género a nível mundial e será coordenado pelo Centro para a Mulher, Paz e Segurança da LSE, criado no ano passado pela atriz de Hollywood e pelo antigo secretário de Estado britânico dos Negócios Estrangeiro William Hague.

Em comunicado, a LSE cita Angelina Jolie, que justifica este novo papel defendendo ser "vital alargar a discussão sobre o avanço nos direitos das mulheres e o fim da impunidade para crimes que afetam as mulheres de uma forma desproporcionada, como a violência sexual em cenário de guerra".

"Estou ansiosa por ensinar e aprender com os alunos, assim como por partilhar as minhas experiências pessoais a trabalhar com diferentes Governos e com as Nações Unidas", acrescenta Angelina Jolie, sem se esquecer de tornar público um desejo: quer ver outras instituições académicas seguirem "este exemplo".

Neste mestrado, Angelina Jolie terá a seu lado, como professores visitantes o própio William Hague, Jane Connors, da Amnistia Internacional, e Madeleine Rees, secretária-geral da Liga Internacional da Mulher para a Paz e Liberdade.

O seu trabalho será feito em várias frentes, mas contempla palestras e a participação em workshops com peritos em eventos públicos