Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Semapa e BCP com ações a caír, NOS e BPI a subir

  • 333

Bolsa lisboeta abriu esta quarta-feira em terreno negativo para quase todas as empresas cotadas

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, que integra as principais empresas cotadas, abriu hoje, quarta-feira, com as ações da Semapa e do BCP a caírem mais de 1,5% e as da NOS e do BPI a subirem mais de 1,35%.

Globalmente, O PSI20 estava a descer 0,26%, para 4.838,33 pontos (às 9h15 em Lisboa), com dez 'papéis' a desvalorizarem-se, cinco a subirem e três inalterados, depois de ter descido a 11 de fevereiro passado para 4.460,63 pontos, um mínimo desde julho de 2012.

As ações da Semapa e do BCP lideravam as perdas, estando a descer 1,62%, para 10,33 euros, e 1,52%, para 0,0325 euros.
No outro extremo, os 'papéis' da NOS subiam 1,55%, para 6,275 euros, enquanto os do BPI registavam o segundo maior acréscimo, estando a avançar 1,35%, mas para 1,126 euros, abaixo do preço de 1,113 euros da Oferta Pública de Aquisição (OPA) do CaixaBank sobre as ações do banco que ainda não controla.

Fantasma das taxas de juro volta a Wall Street

Na Europa, as principais bolsas estavam em baixa, a seguir a tendência registada em Wall Street na véspera.

Ontem, terça-feira, o fantasma das taxas de juro voltou a pairar em Wall Street depois de um dia de dados económicos positivos e de uma nova subida do preço do petróleo, que reavivou os temores de uma subida das taxas de juro norte-americanas mais cedo que o previsto.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou em baixa na terça-feira, com o Dow Jones a descer 1,02%, para 17.529,98 pontos, depois de ter avançado a 19 de maio de 2015 até aos 18.312,39 pontos, o atual máximo de sempre desde que foi criado.

Esta quarta-feira a Comissão Europeia publica recomendações específicas e debate se dá um mais um passo no processo de incumprimento do défice público contra vários países, incluindo Portugal e Espanha.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1283 dólares, contra 1,1339 na terça-feira.

O barril de petróleo Brent, para entrega em julho, abriu hoje em alta, a cotar-se a 49,43 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 0,2% do que no encerramento da sessão anterior.