Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Luz Saúde lucrou mais 16% no primeiro trimestre

  • 333

A empresa presidida por Isabel Vaz ganhou 6,2 milhões de euros entre janeiro e março, período em que as receitas da Luz Saúde ascenderam a 116 milhões de euros, alavancadas pelos cuidados de saúde privados

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Luz Saúde alcançou no primeiro trimestre deste ano um resultado líquido positivo de 6,2 milhões de euros, mais 16,1% do que o lucro obtido no mesmo período do ano passado, informou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A melhoria do resultado beneficiou da subida de 8,5% nas receitas do grupo, para 116,1 milhões de euros. Este crescimento esteve assente nos cuidados de saúde privados, cujas receitas aumentaram 10,7%, para 91 milhões de euros. Já os cuidados de saúde públicos proporcionaram uma faturação de 24,1 milhões até março, menos 0,1% do que no ano passado.

Um dos fatores que impulsionaram as receitas do grupo neste arranque de 2016 foi o crescimento das receitas em áreas de atividade secundárias, nomeadamente o negócio das residências sénior e a distribuição de dispositivos médicos. No seu conjunto estas áreas proporcionaram rendimentos operacionais de 2,2 milhões de euros até março.

O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) registou uma melhoria de 0,5%, para 15,5 milhões de euros.

Com um investimento de 27,4 milhões de euros ao longo do primeiro trimestre, a Luz Saúde chegou ao final de março com uma dívida líquida de 218,9 milhões de euros, valor que compara com 187,3 milhões registados em dezembro de 2015.