Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Vodafone comprou rede de fibra ótica da Optimus

  • 333

A compra estava prevista no âmbito de um acordo de partilha de investimentos na rede de fibra ótica assinado pelas operadoras em 2010 e era um dos remédios impostos pela Autoridade da Concorrência na sequência da fusão entre a ZON e a Optimus

A Vodafone tinha ficado com a opção de compra da rede de fibra no âmbito do acordo de partilha de investimento em 400 mil casas e decidiu exercê-la em fevereiro. A informação foi avançada pelo Dinheiro Vivo.

A compra não altera em nada o número de casas cobertas pela Vodafone, já que o acordo previa uma partilha de 400 mil casas, e essas já estavam partilhadas. A Vodafone tem atualmente 2,270 mil casas cobertas com fibra ótica. A operadora liderada por Mário Vaz anunciou recentemente o investimento de 125 milhões de euros no alargamento da sua rede de fibra a mais 550 mil lares.

O negócio entre a Vodafone a Optimus é confirmado no relatório e contas da NOS. "No dia 26 de Fevereiro de 2016, a Vodafone exerceu a sua opção de compra da rede de FTTH da Optimus, localizada nas zonas metropolitanas de Lisboa e Porto, correspondendo o preço de compra ao valor contabilístico daquela rede, líquido de amortizações, conforme o comunicado da decisão de não oposição da Autoridade da Concorrência à operação de fusão entre a Zon e a Optimus, de 26 de agosto de 2013", lê-se no documento. O valor do negócio não foi divulgado. A compra só estará concluída em 2017.

A Vodafone, recorde-se, assinou em 2014 um acordo de partilha de investimento com a PT. O objetivo era a partilha de 900 mil casas. O acordo entretanto chegou ao fim, por vontade da PT Portugal. A dona da MEO decidiu avançar sozinha com o investimento.