Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucro da Corticeira Amorim dispara no primeiro trimestre

  • 333

Rui Duarte Silva

A empresa faturou 156,7 milhões de euros até março, com todas as áreas de negócio a crescer, e obteve um lucro de 13,9 milhões no primeiro trimestre

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O lucro da Corticeira Amorim subiu 64,7% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, alcançando os 13,9 milhões de euros, informou a empresa em comunicado.

Na sua apresentação de resultados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a Corticeira Amorim reportou vendas de 156,7 milhões de euros entre janeiro e março, mais 6,3% do que no período homólogo de 2015.

O crescimento de vendas verificou-se em todas as unidades de negócio do grupo, com a área de rolhas a faturar mais 7,8%, enquanto a divisão de cortiça para revestimentos vendeu mais 4,1%. A unidade de compósitos avançou 5% e a de isolamentos engrossou as receitas em 25%.

Com as receitas a subir e os custos estáveis, a empresa conseguiu aumentar em 15,8% o seu EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) no primeiro trimestre, com este indicador a alcançar os 27,6 milhões de euros.

A empresa prosseguiu ainda o esforço de redução do seu endividamento, com a dívida líquida a baixar de 90,3 milhões de euros em março de 2015 para 87,1 milhões em março de 2016.