Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Juros da dívida em queda nos periféricos. Provável acordo sobre Grécia alimenta descida

  • 333

Os juros das obrigações gregas a 10 anos caíram para mínimos deste ano ao final da sessão da manhã desta terça-feira. Juros das Obrigações do Tesouro português a 10 anos descem para 3,28% na véspera de leilão de obrigações naquele prazo

Jorge Nascimento Rodrigues

O mercado da dívida da zona euro está a ser marcado esta terça-feira por um movimento de descida das yields das obrigações, com destaque para a Grécia. No caso das Obrigações do Tesouro português (OT), as yields no prazo de referência, a 10 anos, desceram para 3,28% ao final da manhã desta terça-feira. Amanhã, o Tesouro português realiza um leilão reabrindo a linha de OT que vence em 2026 e que serve de referência para o prazo a 10 anos.

As yields das obrigações gregas naquele prazo de referência já desceram 64 pontos base (mais de meio ponto percentual) durante a sessão da manhã desta terça-feira no mercado da dívida soberana da zona euro. As yields desceram para 7,78% pelas 12h (hora de Portugal), fixando um mínimo deste ano, e regressando aos níveis do início de dezembro do ano passado.

A queda acentuada do custo de financiamento da dívida grega de longo prazo que está a ocorrer desde segunda-feira no mercado secundário deve-se às resoluções da reunião do Eurogrupo (órgão dos ministros das Finanças da zona euro) tomadas ontem e que apontam para a possibilidade de um acordo a 24 de maio e de um desembolso posterior de uma tranche financeira do terceiro resgate que evite o risco de incumprimento de pagamentos em julho e julho ao Fundo Monetário Internacional e ao Banco Central Europeu.