Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Japoneses da Fujitsu criam 300 empregos em Braga

  • 333

Multinacional japonesa já criou 900 empregos qualificados em Lisboa e vai chegar aos 1200 com abertura do Centro de Competências em Braga

A Fujitsu inaugurou em Braga o segundo polo em Portugal do Global Delivery Center (GCC) que vai criar 300 postos de trabalho. localizado no Pólo de Negócios de Braga, esta infra-estrutura vai fornecer suporte técnico a milhares de utilizadores da Fujitsu em quatro línguas (inglês, francês, espanhol e português).

Para Hidenori Furuta, responsável mundial pelos Global Delivery Center da Fujitsu, a abertura deste centro satélite em Braga resulta do facto desta "atividade nearshore estar a crescer a uma taxa de 25% ao ano" e pelo facto do centro de Lisboa oferecer aos clientes "níveis de serviço excepcionais e elevado nível em termos de custo-eficiência.

A escolha de Braga para descentralizar a operação, segundo o responsável nipónico, de ser uma "cidade jovem onde é possivel encontrar recursos humanos de 12 países europeus muito motivados para assegurar serviços de suporte nas áreas de tenologias de informação". Hidenori Furuta refere que a equipa do GDC em Portugal é constituída por pessoas proativas e competentes". Recorda ainda que 70% prestam serviços na liga materna e que mais de 80% têm um grau académico"

O centro de competências de Lisboa serviu de modelo para outros centros de competência da empresa na Polónia, na Malásia e na Costa Rica.

Inaugurado em Janeiro de 2008 com um investimento de 10 milhões de euros, o Global Delivery Center da Fujitsu em Lisboa começou por ser uma operação com 200 colaboradores que prestava suporte técnico a 40.000 utilizadores em todo o mundo. Desde então, estre centro de competências cresceu para 900 funcionários que dá suporte a 350.000 utilizadores em 150 países, em 23 idiomas.