Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BCP quer pagar 250 milhões dos 750 que ainda deve ao Estado

  • 333

Marcos Borga

O BCP vai pedir reembolso de um terço dos CoCos durante o mês de maio. Por outro lado, o presdidente do banco, Nuno Amado, considera importante haver pelo menos um banco privado português na corrida ao Novo Banco

Isabel Vicente

Nuno Amado, presidente do BCP afirmou disse hoje que o banco vai pedir nas próximas semanas autorização para pagar um terço do empréstimo contraído para capitalizar o banco em 2012.

Dos três mil milhões pedidos faltam pagar 750 Milhões e se as autoridades nacionais e europeias consentirem, o BCP pretende pagar agora 250 milhões de euros.

Segundo Nuno Amado, depois de dar entrada o pedido " o caminho vai correr os seus tramites normais ". E, acrescenta: "pensamos que este montante é adequado".

Quanto ao processo de venda do Novo Banco , Nuno Amado afirma que "quando o processo estiver numa fase mais avançada seria favorável haver o maior número de concorrentes e seria ideal que algumas instituições portuguesas entrassem no processo ". Acrescentando que " se tivermos oportunidade analisaremos".

Mas também disse que "isso depende de uma negociação entre o Estado português e a Comissão europeia". Isto no caso do BCP pois, enquanto tiver por pagar CoCos, "temos uma inibição" quanto à compra de ativos, que ressalva , "pode ser levantada excecionalmente".

Nuno Amado remata: "sabemos que não é fácil mas é muito importante". Temos " de ser diligentes e analisar vários cenários". E recorda que mais de 50% do capital do BCP está nas mãos de acionistas portugueses.