Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Hole19 quer ser a rede social do golfe

  • 333

Anthony Douglas, fundador da Hole19 também pratica golfe

José Carlos Carvalho

Empresa portuguesa vai criar uma central de reservas para campos de golfe

João Ramos

João Ramos

Jornalista

A Hole19 foi fundada pelo luso-americano Anthony Douglas há quatro anos como uma aplicação móvel para ajudar os golfistas a jogar melhor. Além de calcular as distâncias no campo através de GPS, indica o mapa de buracos e ajuda os praticantes a fazer estatísticas. Até hoje já foi descarregada gratuitamente para telefones de perto de um milhão de golfistas de 154 países e está traduzida em 14 línguas, sendo popular sobretudo nos EUA, Reino Unido e Portugal.

Apesar deste número invejável de utilizadores nas principais plataformas de telemóveis (iPhone e Android) e relógios inteligentes (Apple Watch e Android Wear), a Hole19 era apenas mais uma app de golfe no mercado, sem modelo de negócio sustentável. Até que no ano passado, Anthony Douglas muda a estratégia e decide ligar a aplicação a outros componentes do negócio do golfe que, a nível mundial, movimenta 76 mil milhões de dólares. “Queremos ser a principal rede social do golfe, como o TripAdvisor é para os viajantes, e ser uma central de reservas de campos, tal como a Booking é para os alojamentos de curta duração”, explica Anthony Douglas.

Leia mais na edição deste fim de semana