Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Centeno reage a ataque do PSD: “Não vale a pena repetir falsidades”

  • 333

Marcos Borga

Sociais-democratas insistem que ministro das Finanças mentiu no Parlamento ao dizer que não insistiu junto das autoridades europeias a favor da venda do Banif ao Santander. Mário Centeno repetiu várias vezes que não

Mário Centeno reafirmou hoje não teve qualquer contacto com as autoridades europeias – Banco Central Europeu (BCE) e Comissão Europeia – para defender a posição do Santander na corrida à compra do Banif. “Nunca interferi a favor de nenhum comprador, a preocupação do governo foi sobre a forma como o processo iria decorrer”, afirmou o ministro das Finanças no Parlamento onde decorre a sua audição na comissão de inquérito ao Banif.

O PSD tinha questionado Mário Centeno sobre o assunto durante a sua primeira passagem pela comissão de inquérito, há duas semanas, e o ministro negou acusação. Desde então, os social-democratas têm insistido que Centeno mentiu ao dizer que não teve contacto junto das autoridades europeias neste sentido. Disse mesmo, em resposta à insistência do deputado PSD, Marques Guedes: “Não vela a pena repetir falsidades.”

Quer o ministro, quer Marques Guedes, chegaram mesmo a ler transcrições da audição anterior para precisar as questões colocadas então pelo social-democrata Miguel Morgado e as respostas dadas por Mário Centeno. O deputado chegou a acusar Centeno de estar a sugerir que aquilo que Danièle Nouy, presidente da Comissão de Supervisão do BCE, disse nos e-mails da polémica – trocados entre sexta-feira e sábado do fim-de-semana da resolução - era falso.