Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Europa abre no vermelho. Lisboa segue tendência e BCP cai mais de 6%

  • 333

Depois da Ásia Pacífico fechar no vermelho, as bolsas europeias abrem em terreno negativo esta segunda-feira. Moscovo lidera quedas. Madrid, Milão e Lisboa perdem mais de 1,3%. Preço do barril de Brent cai 5,3%

Jorge Nascimento Rodrigues

O fracasso da reunião de Doha no domingo empurrou o preço do barril de crude para um trambolhão e as praças financeiras no mundo ressentiram-se. Na abertura da sessão bolsista europeia, o barril de Brent cotava-se em 40,78 dólares, uma queda de 5,3% em relação ao fecho de sexta-feira. Depois das principais bolsas da Ásia Pacífico terem fechado no vermelho, foi a vez das bolsas europeias abrirem em terreno negativo. Os futuros em Wall Street estão no vermelho indiciando uma abertura em queda das bolsas em Nova Iorque pelas 14h30 (hora de Portugal)

A bolsa de Moscovo está a liderar as quedas com o índice RTSI (em dólares) a perder mais de 4%. Na União Europeia, as bolsas de Madrid e Milão lideram as quedas nas principais praças, com os seus principais índices a recuarem mais de 1,3%. A bolsa de Lisboa segue a tendência europeia, com as ações do BCP a destacarem-se, na abertura, com um trambolhão de mais de 6%.