Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Atribuição de vistos gold bate recorde em março

  • 333

Em março foram atribuídos 168 vistos dourados. Destes, só 10 não foram para o sector imobiliário

Em março, Portugal atribuiu 168 vistos gold, o maior valor mensal de sempre, sendo que nos primeiros três meses deste ano já se atingiu metade do número de vistos concedidos em 2015.

De acordo com a Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), desde a criação da figura dos vistos gold, em 2012, foram atribuídos 3.165, dos quais 2.991 serviram de base a investimentos imobiliários.

A China lidera destacadamente este processo, com 2.457 dos vistos concedidos pelo Estado português. Segue-se o Brasil, com 140 e a Rússia, com 108.

Luis Lima, presidente da APEMIP, está a finalizar uma missão empresarial a Pequim, onde discutiu com o embaixador de Portugal na China, Jorge Torres Pereira, a evolução do processo de atribuição de vistos gold a cidadãos chineses.

Os números agora divulgados confirmam, segundo Luís Lima, o sinal de retoma que se verificou no passado mês de fevereiro o que, segundo o mesmo responsável, poderá significar a normalização do processo, que esteve praticamente estagnado durante uma parte do ano passado.

"Vamos agora continuar a monitorizar estes números e perceber qual o impacto que terá junto dos investidores internacionais. Na missão empresarial que decorreu em Pequim, pude verificar que continua a existir muito interesse por parte de cidadãos chineses, mas é necessário manter este programa de modo transparente, para que não haja uma quebra de confiança que pode ser decisiva”, remata o presidente da APEMIP.