Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

CaixaBank lança nova OPA sobre o BPI

  • 333

Confortado com a aprovação pelo governo do diploma que elimina a blindagem de estatutos, o banco espanhol vai novamente lançar uma oferta de compra sobre o BPI

O CaixaBank vai lançar uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre o BPI, confirmou o Expresso junto de fonte do mercado. A decisão foi tomada na sequência da rutura das negociações com a segunda maior acionista do banco, Isabel dos Santos, que levou a que o BPI entrasse em incumprimento da imposição do Banco Central Europeu de redução da exposição a Angola.

O banco espanhol já tinha lançado, a 17 de fevereiro de 2015, uma OPA sobre o BPI que fracassou porque Isabel dos Santos, que tem cerca de 20% do banco, recusou acabar com a limitação dos direitos de voto do banco a 20%. Na altura foram oferecidos 1,329 euros por cada ação do BPI.

Mas agora, com aprovação pelo governo, no conselho de ministros da passada quinta-feira, de um diploma que contorna a blindagem de estatutos - e que foi mantido em segredo - o CaixaBank pode lançar a OPA com a garantia de que poderá votar com o capital que conseguir comprar, e não com os 20% dos limites atuais. O banco tem neste momento 44,1% do capital, mas só pode votar com 20% nas assembleias gerais.

O diploma foi enviado para o Presidente da República, aguardando promulgação.

Este domingo o BPI confirmou a rutura das negociações, responsabilizando Isabel dos Santos. No dia 10 de abril tinha sido anunciado um entendimento entre os acionistas que afinal não se concretizou. As ações do BPI estão suspensas desde segunda-feira, dia 11.