Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal entre as 10 economias mais lentas a recuperar

  • 333

Em 2021, haverá ainda oito economias que não regressaram aos níveis pré-crise financeira. Portugal já terá recuperado mas é o décimo país em pior condição

Dentro de cinco anos haverá ainda oito países no mundo cujo Produto Interno Bruto (PIB) ainda não estará ao nível pré-crise de 2008. Da lista fazem parte duas economias da zona euro — Itália e Grécia — mas o caso mais grave está fora do Velho Continente. É a Guiné Equatorial onde o PIB em 2021 será 31% inferior ao que existia em 2008, um fraco desempenho económico associado aos baixos preços da energia nos mercados internacionais. Portugal está acima da linha de água — com um produto dentro de cinco anos 1% superior ao nível pré-crise — que, ainda assim, mantém a economia nacional no fundo da tabela entre os 10 piores desempenhos do planeta.


Em sentido contrário destacam-se Moçambique e a Etiópia, onde a economia vai duplicar neste período, se as projeções que o Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentou esta semana, nas reuniões de primavera, se confirmarem. As contas foram feitas pelo Expresso a partir das novas estimativas disponibilizadas pelo Fundo para 191 países e que vão até 2021.


Nessa altura, a economia portuguesa já terá recuperado do tombo provocado pela crise financeira (em 2009) e pelos três anos de recessão (2011, 2012 e 2013) que o país viveu durante o programa da troika. Mas, ainda assim, o PIB nacional continuará praticamente em linha com o que ‘existia’ em 2008. A taxa de desemprego, pelas contas do FMI, será de 9,3%, a dívida pública ultrapassará 120% do PIB e o défice orçamental manter-se-á abaixo mas muito próximo da linha vermelha do limite de 3% impostos pelas regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento.

Leia mais na edição deste fim de semana