Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

OCDE estima que crescimento económico em Portugal abrande nos próximos meses

  • 333

Para as economias desenvolvidas, a OCDE estima uma estabilização do crescimento económico, com abrandamento nos EUA, Reino Unido e Japão

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) voltou a prever que o crescimento económico em Portugal abrande ligeiramente nos próximos meses, num contexto de tendência global de estabilização das restantes economias.

Nos indicadores compósitos avançados da OCDE de fevereiro (que apontam para a tendência de melhoria ou abrandamento da atividade económica num período futuro entre seis a nove meses), hoje divulgados, os dados dão conta de uma ligeira descida nas perspetivas de melhoria da atividade económica em Portugal, numa tendência que se verifica desde agosto de 2015.

O índice compósito da OCDE para Portugal desceu em fevereiro para 100,2 acima da média de longo prazo de 100 pontos, contra 100,3 observados em janeiro.

Para a zona euro, o índice compósito manteve-se nos 100,5 pontos em fevereiro, o mesmo valor estimado em janeiro.

A média do conjunto dos países da OCDE aponta, por sua vez, para um abrandamento da atividade económica, com o índice compósito de setembro a fixar-se nos 99,6 pontos em fevereiro, abaixo dos 99,7 pontos de janeiro.

Para as economias desenvolvidas, a OCDE estima uma estabilização do crescimento económico, com abrandamento nos EUA, Reino Unido e Japão.