Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucro de 1,5 milhões. Morgan Stanley reduz na Sonae Capital

  • 333

A Morgan Stanley reforçara na Sonae Capital em fevereiro e vende agora, com uma valorização de 30%

O banco americano Morgan Stanley vendeu, pelo menos, 3% da Sonae Capital, reduzindo a sua participação para menos de 2%. O comunicado da empresa refere apenas que a participação de 5% se tornou numa posição não qualificada, inferior ao limite de 2%.

O banco tornara-se em meados de fevereiro no segundo maior acionista da sociedade controlada pela família de Belmiro de Azevedo (63%). Nessa altura, procedera um movimento inverso do que agora realizou, reforçando o investimento na sociedade.

A cotação estava, então, nos 0,473 euros - ontem fechou nos 0,617, uma valoriização de 30%. Com este negócio, a Morgan Stanley terá realizado uma mais valia em menos de dois meses de 1,5 milhões de euros, admitindo que vendeu a posição na totalidade.

Nos dois casos, a Morgan Stanley não revelou se o investimento na Sonae Capital é direto ou decorre da gestão da carteira de clientes. O histórico do banco na empresa é de possuir uma posição próximo dos 2%.

A Sonae Capital vale agora em bolsa 154 milhões de euros, beneficiando da sua promoção ao PSI 20, de ter fechado 2015 com lucros e do anúncio recente da venda da participação na concessionária NorScut.