Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Investidores internacionais avançam com processo contra Banco de Portugal

  • 333

José Carlos Carvalho

14 dos maiores investidores institucionais internacionais contratam o escritório de advogados para processar o Banco de Portugal a propósito da imposição de perdas no Novo Banco

As empresas BlackRock, Pimco, Pioneer Investment Management, TwentyFour Asset Management e outros 10 investidores institucionais decidiram avançar com um processo contra o Banco de Portugal para recuperar as perdas que tiveram em linhas de obrigações do Novo Banco, decididas no final de 2014 pelo regulador português.

A informação está a ser avançada pelo "Financial Times", que revela que estes investidores acusam o Banco de Portugal de "violar princípios-chave" no mercado, pelo que exigem que as perdas que lhes foram impostas sejam anuladas.

Segundo o "Financial Times", em causa neste processo está não apenas a imposição destas perdas, mas também o facto de alegadamente o Banco de Portugal ter discriminado os alvos destas perdas "com base na nacionalidade" dos investidores atingidos. Isto porque as cinco linhas de obrigações escolhidas estavam maioritariamente nas mãos de investidores estrangeiros.

O jornal indica também que o caso do Novo Banco "está a ser seguido com atenção pelos mercados financeiros", na sequência das "novas regras que os reguladores estão a introduzir e que colocam os investidores na linha de fogo para evitar a necessidade de recorrer aos contribuintes" para salvar bancos.