Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

"Banco de Portugal é uma espécie de agência de comunicação dos bancos

  • 333

Miguel Tiago, deputado do PCP, disse na comissão parlamentar de inquérito ao caso Banif que por vezes "parece que é tudo feito na sombra", a propósito na atuação do Banco de Portugal no sistema financeiro português

"Temos de dar toda a confiança de que estamos a agir, mas sem falar sobre o que estamos a fazer", defendeu esta terça-feira à tarde o governador do Banco de Portugal (BdP), em resposta a Miguel Tiago, o deputado do PCP, que ironizou sobre o posicionamento do banco central face aos bancos e a ocultação que por vezes exerce para manter a confiança dos depositantes.

Miguel Tiago referiu, na comissão parlamentar de inquérito ao caso Banif, que o Banco de Portugal "diz que está tudo bem, mesmo quando está tudo mal", apenas para manter a confiança no sistema. O supervisor, conclui, é "uma espécie de agência de comunicação dos bancos".

Antes o governador Carlos Costa tinha dito que, ao contrário do Novo Banco, o Banif não tinha condições para enfrentar choques de confiança, e que isso levou a direção geral da concorrência (DGcom) da União Europeia a impor a venda a um banco com dimensão.