Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Taxa de desemprego na zona euro cai para 10,3% em fevereiro. Em Portugal atinge os 12,3%

  • 333

Taxa de desemprego portuguesa passa de 12,2% para 12,3% entre janeiro e fevereiro, mas um ano antes estava nos 12,9%, indica Eurostat. O desemprego jovem atinge os 30%

Há duas formas de ver a taxa de desemprego em Portugal: em fevereiro atingiu os 12,3%, o que representa uma subida face aos 12,2% de janeiro, mas também uma descida comparativamente aos 12,9% do mesmo mês de 2015, indicam os dados do Eurostat divulgados esta segunda-feira sobre o desemprego na Europa.

Entre os jovens portugueses, a taxa de desemprego atinge os 30% em Portugal. Em janeiro, esta taxa era de 29,9%, mas um ano antes estava nos 33,1%.

Na zona euro, a taxa de desemprego ficou nos 10,3%, abaixo dos 10,4% de janeiro e dos 11,2% de fevereiro do ano passado. "É a taxa mais baixa registada na zona euro desde agosto de 2011", sublinha o gabinete de estatística da União Europeia.

No conjunto dos 28 Estados-membros, a taxa de desemprego de fevereiro foi de 8,9%, uma percentagem que compara com os 9,7% registados um ano antes e é a mais baixa desde maio de 2009.

Alemanha (4,3%), e República Checa (4,5%) apresentam as taxas de desemprego mais baixas da UE. Do lado oposto, estão Grécia (24%) e Espanha (20,4%),

Na tabela geral, Portugal aparece com a quinta taxa mais elevada da UE, atrás da Gécia, Espanha, Croácia (15,1%) e Chipre (12,6%).

Em termos homólogos, o desemprego caiu em 24 países, manteve-se estável na Bélgica e subiu na Áustria, Letónia e Finlândia.

Quanto à taxa de desemprego jovem, ficou nos 21,6% na zona Euro, nos 19,4% na UE e nos 30% em Portugal.

Nos Estados Unidos, a taxa de desemprego de fevereiro foi de 4,9%, estável face ao mes anterior e em queda quando comparada com os 5,5% de fevereiro de 2015.