Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Antecipação ao Orçamento, turismo e frotas de empresas fazem disparar 33,4% as vendas de automóveis

  • 333

As empresas e os particulares anteciparam compras de automóveis, para evitar o agravamento de impostos do Orçamento de Estado e as rent-a-car renovaram os seus carros para dar resposta à procura do período da Páscoa em março e ao aumento do turismo no Verão

Só em março de 2016 foram matriculados no mercado português um total de 26.433 veículos ligeiros de passageiros - mais 31,6% que no mesmo mês do ano passado -, mais 46,9% de veículos comerciais ligeiros, o que perfaz uma variação global homóloga no segmento de ligeiros da ordem dos 33,4%. No total do primeiro trimestre de 2016, foram vendidos em Portugal 66.495 veículos ligeiros, ou seja, mais 25,7% que no trimestre homólogo do ano passado, revelam dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP). O seu secretário geral, Hélder Pedro, explica este aumento "pela antecipação de compras para evitar o agravamento fiscal do Orçamento de Estado de 2016, pelo aumento das compras das rent-a-car e pela renovação de frotas das empresas".

No total do mercado, que inclui os veículos pesados de mercadorias e os pesados de passageiros, foram vendidos em março de 2016 mais de 30,6 mil veículos automóveis ligeiros e pesados, o que correspondeu a mais 33,5% do que em igual mês do ano anterior e, no conjunto dos três primeiros meses do ano, as vendas totais ascendem a mais de 67,8 mil veículos, o correspondentes a um crescimento homólogo de 25,9%, referem os dados da ACAP.

No primeiro trimestre de 2016, só as vendas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 58.402 unidades, o que corresponde a um aumento de 26,3% face ao período homólogo de 2015, revela a ACAP. No segmento dos veículos comerciais ligeiros foram vendidos em Portugal 3.844 veículos, mais 46,9% que em igual mês de 2015, refere a associação.

Segundo Miguel Tomé, responsável pela comunicação institucional da Opel, "o aumento de 31,6% das vendas de ligeiros de passageiros em março reflete o crescimento das compras das rent-a-car, que este ano tiveram em conta as necessidades da Páscoa, que foi mais cedo, em março, e as perspetivas de aumento do turismo no verão, para além da renovação das frotas das empresas".

A Opel está em sexto lugar no rankingo nacional das marcas mais vendidas e registou aumentos homólogos de vendas de 31,7% em março e de 39,6% no primeiro trimestre.

A Renault ocupa o primeiro lugar nas vendas, com uma variação de 45,2% em março e de 31,6% no primeiro trimestre, comparando com iguais períodos do ano passado.

Só em março foram vendidos quatro Ferrari, seis Maserati e um Aston Martin. A Jaguar vendeu 71 unidades em março, o que corresponde a um aumento de 610% relativamente a igual mês do ano passado.