Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lesados do BES: Costa convence todas as partes a assinar compromisso

  • 333

homem de gouveia/lusa

O Governo, o Banco de Portugal e a CMVM e os lesados do BES assinam esta quarta-feira em São Bento um memorando de entendimento. Não é um acordo, mas apenas uma promessa para que todas as partes se empenhem na procura de uma solução

O primeiro-ministro, António Costa, reúne-se esta quarta em São Bento com todas as partes envolvidas no caso dos lesados do BES, por forma a que se chegue a um compromisso que possa resultar num acordo que resolva o problema dos clientes que foram afetados pela compra de papel comercial aos balcões do antigo Banco Espírito Santo.

O processo tem estado a ser conduzido pelo primeiro-ministro, que, conforme o Expresso já noticiou, designou Diogo Lacerda Machado, amigo e homem de confiança de António Costa, para liderar as negociações entre o Banco de Portugal (BdP) e a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), com vista a chegar a um entendimento com os lesados.

Recorde-se que há um mês o primeiro-ministro disse que era "lamentável" a forma como estava a ser conduzido o processo: "Tenho que lamentar a forma como a administração do Banco de Portugal tem vindo a arrastar uma decisão sobre esta matéria, a impedir que rapidamente a solução proposta pelo Governo e aceite pela maioria dos lesados do BES pudesse estar já implementada". Costa manifestava ainda a esperança de que, tão rapidamente quanto possível, o Banco de Portugal assumisse a postura responsável que "todas as entidades públicas e privadas estão disponíveis assumir".