Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

CMVM suspende ações do BPI

  • 333

Comissão de Marcedo de Valores imobiliários aguarda informações sobre a instituição

A CMVM suspendeu esta manhã a negociação das ações do BPI, enquanto aguarda "informações relevantes"sobre a instituição liderada por Fernando Ulrich.

"O Conselho de Administração da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deliberou, nos termos do artigo 214º e da alínea b) do n.º 2 do artigo 213º do Código dos Valores Mobiliários, a suspensão da negociação das ações do Banco BPI, S.A., até à divulgação de informação relevante sobre o emitente", afirma o curto comunicado da CMVM.

Esta suspensão surge na sequência de notícias sobre um acordo dos acionistas Isabel dos Santos e CaixaBank sobre a forma de resolver a situação em Angola, país onde o BPI detém uma participação no BFA, mas está obrigado a diminuir a sua exposição, de forma a cumprir determinações do Banco Central Europeu. O Expresso, na sua última edição, adiantou que os termos desse acordo entregavam o BFA a Isabel dos Santos e previam a sua saída do BPI e entrada no capital do BCP. Hoje, é o "Jornal de Negócios" a noticiar que "Isabel dos Santos é opção para tirar o Estado do BCP".

Na segunda-feira, as ações do BPI fecharam a ganhar 2,87%, nos 1,3250 euros.