Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Isabel dos Santos vira-se para o BCP

  • 333

Rui Duarte Silva

Isabel dos Santos e La Caixa medem forças no preço a definir para o BPI e o BFA. BCP poderá ser o próximo passo

Aguarda-se com expectativa o desfecho do acordo entre os dois maiores acionistas do BPI: o espanhol Caixabank (44,1%) e a angolana Santoro de Isabel dos Santos (18,6%). Um acordo que porá fim a desavenças que duram há mais de um ano e que levará à saída de Isabel dos Santos do BPI e ao reforço da sua posição no Banco de Fomento Angola (BFA), tornando o grupo catalão o grande dono do banco fundado por Artur Santos Silva.


Isabel dos Santos está de saída do BPI mas quer continuar a ter uma presença relevante no sector financeiro em Portugal. O BIC Portugal não chega. O Expresso sabe que a empresária está a estudar a hipótese de se tornar acionista do BCP. Aliás, propôs em 2015 uma fusão entre o BPI e o BCP, cujo maior acionista é a Sonangol. O BCP não rejeitou estudar a fusão, mas a gestão do BPI nunca se pronunciou. O cenário está em cima da mesa mas não passa, para já, de um caminho alternativo. Em Luanda, Isabel dos Santos e a sua equipa foram chamados para ajudar a reestruturar a petrolífera angolana, a viver um momento difícil devido à baixa do preço do petróleo.


Depois de se ter dado esta semana um passo significativo para a concretização do negócio — a angolana Unitel, detentora de 49,5% do BFA deu ‘luz verde’ aos alicerces de um acordo que está a ser cozinhado em contrarrelógio — falta o resto. E ainda é muito: o suporte legal de toda a operação e a avaliação das respetivas posições que estão em jogo: os 18,6% de Isabel dos Santos no BPI que o La Caixa terá de lhe pagar, assim como os 49,5% que o BPI detém no BFA e que a Unitel (sozinho ou com outros) irá comprar. Mas não só: terá de haver a aprovação do Banco Nacional de Angola, do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal. Não se prevê que haja oposição dos reguladores, sobretudo de Luanda, que poderia ser o maior entrave.


Leia mais na edição deste fim de semana