Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Vinhos do Porto e Douro apresentam-se na Alemanha

  • 333

Lucília Monteiro

São 71 produtores e 500 m2. É a maior representação de sempre num do seus principais mercados

São 71 os produtores da Região Demarcada do Douro presentes na ProWein, uma das principais feiras de vinho da Europa, na Alemanha. No certame, com uma participação recorde e uma área de 500 m2, todos marcaram presença focados na concretização de novos negócios num dos seus mercados alvo, uma vez que em 2015 a Alemanha manteve a sua posição no ranking das exportações de vinho do Porto (7º) e vinho do Douro (6º).

A decorrer desde domingo, a Prowein encerra esta terça-feira, com a presença do ministro da Agricultura, Capoulas Santos, tendo atraído a Dusseldorf mais de 50 mil compradores de todo o mundo. Na edição de 2015, o certame reuniu 5981 expositores de 50 países e recebeu 52.393 visitantes de 120 países.

"Esta participação permite-nos consolidar a ação num conjunto de grandes mercados mundiais", sublinha Manuel de Novaes Cabral, presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), responsável pela organização da presença do Douro na feira de Dusseldorf onde acredita ter ficado comprovado "o dinamismo e capacidade de afirmação dos produtores de vinho da Região Demarcada do Douro no mercado Internacional".

Entre os 10 maiores produtores de vinho do mundo, Portugal exporta 66% dos seus vinhos com denominação de origem, sendo que em 2015 as exportações de vinho do Porto caíram 3% em volume e 1 % em valor, a contrastar com um crescimento no mercado doméstico, como o Expresso na sua edição online noticiou em dezembro, dando conta da posição da AEVP - Associação das Empresas de Vinho do Porto em defesa de uma maior promoção do vinho do Porto.

Apesar deste desempenho, as categorias especiais continuam a ganhar peso e terão obtido uma quota de 40% no ano passado, com o preço médio a suir 2,3%, para os 4,74 euros.

Já as exportações de vinho de mesa do Douro estão em alta, à exceção de Angola. As receitas do DOC Douro no ano passado terão rondado os 115 milhões, mais 10% que no ano anterior, com 65 milhões a ficarem no mercado interno.

No vinho do Porto, o recorde de vendas de 428 milhões de euros foi registado em 2002, ano em que as exportações absorveram 83% desta verba. Os números para 2015 apontam pra os 340 milhões de euros e uma quota de exportações de 84%.