Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Voltou a febre de investir em hotéis

  • 333

RONALDO E PESTANA. Os dois primeiros hotéis de Cristiano Ronaldo e Dionísio Pestana, em Lisboa e na Madeira, vão abrir no próximo verão

FOTO LUÍS COELHO

O ano passado foi histórico para o investimento hoteleiro em Portugal, que em 2016 promete acelerar

Até Cristiano Ronaldo já é hoteleiro. O melhor marcador da Liga dos Campeões selou uma parceria com Dionísio Pestana, mediante a qual se tornaram coproprietários da nova marca de hotéis CR7, feita à imagem do jogador de futebol. Até ao próximo verão, os dois primeiros hotéis CR7 vão abrir as portas, na Madeira e na Baixa de Lisboa, representando um investimento conjunto de 15 milhões de euros.

O interesse de Ronaldo é sintomático da febre que voltou a Portugal pelo investimento hoteleiro, face à vaga de crescimento turístico no país dos últimos anos, e após tempos de estagnação do imobiliário turístico. Como nota a consultora CBRE, “2015 foi um ano histórico para o investimento no mercado de turismo e na hotelaria portuguesa”, registando-se ainda “um aumento nas transações de hotéis tanto por parte de investidores como de operadores”.

“O bom momento do turismo nacional é uma oportunidade singular para posicionar o destino como 'must see destination', fidelizar a procura e colocar Portugal no radar dos principais investidores e gestores da cadeia de valor do sector”, sustenta Eduardo Abreu, consultor da Neoturis, participada da CBRE.

PORTO BAY EM LISBOA. O grupo madeirense inaugurou um hotel em Lisboa em julho de 2015, e vai abrir um segundo em 2016, no antigo hotel Aviz. Na foto, António Trindade, presidente do grupo Porto Bay

PORTO BAY EM LISBOA. O grupo madeirense inaugurou um hotel em Lisboa em julho de 2015, e vai abrir um segundo em 2016, no antigo hotel Aviz. Na foto, António Trindade, presidente do grupo Porto Bay

tiago miranda

O caso mais emblemático é Lisboa, onde a abertura de hotéis no ano passado disparou para o triplo, face às sete inaugurações de unidades registadas em 2014, e deverá este ano acelerar. Entre as duas dezenas de hotéis que no ano passado abriram no centro da cidade, e que trouxeram um acréscimo de 1566 quartos à capital, destacam-se a Pousada de Lisboa, o Porto Bay Liberdade, o Hotel Santiago de Alfama ou o Palácio do Governador, na categoria dos cinco estrelas.

40 novos hotéis na calha para Lisboa

Mas o maior volume de abertura de hotéis em Lisboa foi notório sobretudo no segmento das quatro estrelas, com a inauguração de mais de uma dezena de unidades, como o Sana Evolution Saldanha, o Vincci Liberdade, o Skyna Lisboa ou os dois hotéis Turim, no Saldanha e no Terreiro do Paço.

“O contínuo dinamismo do sector do turismo está a atrair novos investidores e a incentivar outros à expansão”, constata Cristina Arouca, diretora de investigação e consultoria da CBRE. “É, por isso, esperado um aumento do investimento no sector hoteleiro, quer pelo desenvolvimento de novas unidades, quer pela aquisição de outras já existentes”.

TURISMO DISPARA. Além dos hotéis, o aumento de turistas em Lisboa promete ter reflexos também no alojamento local

TURISMO DISPARA. Além dos hotéis, o aumento de turistas em Lisboa promete ter reflexos também no alojamento local

tiago miranda

Em Lisboa, estão atualmente em projeto ou em fase de construção 40 novos hotéis, com inauguração prevista para 2016 e 2017, segundo uma análise de mercado da CBRE. “Acresce um número significativo de projetos destinados a alojamento local, que hoje já representa uma parte importante da oferta”, destaca a consultora, frisando que “também o Porto manterá um ritmo de crescimento significativo da oferta e da procura, com a inauguração de algumas unidades de referência nos próximos dois anos”.

AÇORES. Coincidindo com a abertura do espaço aéreo, João Reis e Rodrigo Herédia abriram em 2015 o Santa Bárbara Eco-Beach Resort na ilha de São Miguel

AÇORES. Coincidindo com a abertura do espaço aéreo, João Reis e Rodrigo Herédia abriram em 2015 o Santa Bárbara Eco-Beach Resort na ilha de São Miguel

O crescimento turístico verificado em 2015 nos Açores “resulta na liberalização do espaço aéreo entre o arquipélago e o continente português, que se refletiu num aumento de 30% do tráfego no aeroporto de Ponta Delgada face ao mesmo período de 2014”, nota a CBRE. Coicidindo com a chegada das companhias aéreas 'low cost' aos Açores, os empresários-surfistas Rodrigo Herédia e João Reis inauguraram em julho do ano passado o Santa Bárbara Eco-Beach Resort, em cima de uma das praias mais emblemáticas para o surf na ilha de São Miguel, um hotel de quatro estrelas que envolveu investimentos de 1,8 milhões de euros.

TIVOLI. A compra dos hotéis Tivoli pelo grupo tailandês Minor foi uma das maiores transações imobiliárias em Portugal (na foto o hotel Tivoli Marina Vilamoura)

TIVOLI. A compra dos hotéis Tivoli pelo grupo tailandês Minor foi uma das maiores transações imobiliárias em Portugal (na foto o hotel Tivoli Marina Vilamoura)

Mais de 250 milhões investidos em hotéis

Segundo a consultora imobiliária Worx Real Estate, o investimento em hotelaria em Portugal ultrapassou 250 milhões de euros em 2015, tendo-se registado a transação de 16 unidades hoteleiras. O destaque aqui vai para a operação de compra dos hotéis Tivoli pelo grupo tailandês Minor Hotel Group, concluída a 1 de fevereiro de 2016, mas cuja alienação de hotéis (total de 14) já tinha começado no ano passado.

Mais de metade das transações hoteleiras verificadas em Portugal no ano passado foram realizadas na região de Lisboa e cerca de 30% no Algarve, adianta ainda a Worx. Relativamente ao valor investido por quarto, o montante variou entre 51 mil e 140 mil euros.

Em 2016, pelo menos mais 23 novas unidades hoteleiras deverão abrir em Portugal, sobretudo de quatro e cinco estrelas, e 57% das quais na região de Lisboa, prevê a Worx Real Estate. A vaga de investimento hoteleiro está para durar e, segundo a consultora Alexandra Tores,“os bons números do turismo são sustentados por uma maior procura muito influenciada pela instabilidade dos países concorrentes de Portugal neste sector e, acima de tudo, um aumento significativo da qualidade da oferta turística no país”.

HOTÉIS QUE ABRIRAM EM LISBOA EM 2015

- Pousada de Lisboa (Terreiro do Paço), 5 estrelas
- Hotel Porto Bay Liberdade (Rua Rosa Araújo), 5 estrelas
- Hotel Santiago de Alfama (Rua de Santiago), 5 estrelas
- Hotel Palácio do Governador (Rua Bartolomeu Dias), 5 estrelas
- Sana Evolution Saldanha (Praça Duque de Saldanha), 4 estrelas
- Vincci Liberdade (Rua Rosa Araújo), 4 estrelas
- Turim Terreiro do Paço Hotel (Rua do Comércio), 4 estrelas
- Turim Saldanha Hotel (Rua Pedro Nunes), 4 estrelas
- Skyna Hotel Lisboa (Rua da Artilharia I), 4 estrelas
- H10 Duque de Loulé (Avenida Duque de Loulé), 4 estrelas
- Jupiter Lisboa Hotel (Avenida da República), 4 estrelas
- Behotelisboa (Rua dos Correeiros), 4 estrelas
- Hotel Lis (Rua dos Douradores), 4 estrelas
- Lux Lisboa Park (Rua Padre António Vieira), 4 estrelas
- Bessa Hotel Lisboa (Avenida da Liberdade), 4 estrelas
- Hotel Convento do Salvador (Rua Salvador), 3 estrelas
- The 7 Hotel (Rua Áurea), 3 estrelas
- My Story Hotel Rossio (Praça D. Pedro IV), 3 estrelas
- HF Fénix Music (Rua Joaquim António de Aguiar), 3 estrelas
Fonte: Worx Real Estate Consultants