Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucros da Sonae Sierra crescem 47%

  • 333

Vendas dos lojistas crescem 3,5% em Portugal e 2,5% na Europa

A Sonae Sierra fechou o exercício de 2015 com um crescimento de 47% nos lucros comparativamente ao ano anterior, para os 142 milhões de euros. Para o presidente executivo, Fernando Guedes de Oliveira, este foi um ano "marcado pela acentuada melhoria nos resultados operacionais e pela consolidação da performance financeira da empresa".

Em comunicado enviado à CMVM, a Sonae Sierra destaca, ainda, a subida de 16% nos seus resultados diretos, para 61 milhões de euros, em resultado da combinação da "melhoria nos resultados operacionais, crescimento da prestação de serviços a terceiros e descida das taxas de juro".

"Numa base de portfólio comparável, e excluindo o efeito desfavorável da variação da taxa de câmbio média do real, o resultado direto aumentou 22%, o que traduz a resiliência e a qualidade do portfólio de ativos e a capacidade de gestão da empresa", refere o comunicado.

Quanto ao resultado indireto, atingiu os 81 milhões de euros, o que representa um crescimento de 85%, a refletir "a recuperação dos mercados europeus e a consequente compressão das taxas de capitalização do imobiliário, principalmente em Portugal e em Espanha, e o impacto positivo da venda do Centro Comercial Zubiarte (Espanha) e da Torre Ocidente (Portugal).

"Um ano de oportunidades"

As vendas dos lojistas nos centros comerciais europeus tiveram um crescimento médio de 2,55, com Portugal a apresentar uma taxa de 3,5%. No Brasil, "apesar da atual situação de crise económica, influenciada pela instabilidade política que o país atravessa", as vendas subiram 2,2%, refere a empresa.

Já a taxa de ocupação global do portfólio caiu "ligeiramente", de 95,5% para 95,2%.

O NAV (net asset value) da empresa foi de 1,180 milhões, mais 6% do que em 2014, "apesar de substancialmente penalizado pela desvalorização do real brasileiro", sublinha a Sonae Sierra.

No que se refere ao desenvolvimento de novos projetos, Fernando Guedes de Oliveira considera que 2015 foi "um ano de oportunidades de crescimento do negócio com o anúncio do primeiro investimento no mercado colombiano e avanços significativos em projetos relevantes na Roménia e Marrocos". Para 2016, define o objetivo de "consolidar a presença no Norte de África e noutros mercados emergentes, mantendo o foco na estratégia de capital light e prestação de serviços a terceiros".

Na área de prestação de serviços de desenvolvimento, a empresa assinou 24 contratos com clientes de 11 países, de Itália à Rússia, Turquia e Tunísia.

Atualmente, o portfólio da Sonae Sierra, proprietária de 45 centros comerciais, abarca operações em 11 países e 11 projetos em carteira, 4 dos quais para clientes.