Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há 11 semanas que o barril de petróleo não estava tão caro

  • 333

Reuters

O preço do petróleo da Organização de Países Exportadores de Petróleo acentua a tendência ascendente iniciada em meados de fevereiro com esta quarta valorização consecutiva

O barril de crude da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) subiu esta segunda-feira 2,3% para 32,34 dólares (29,37 euros), o preço mais alto desde 16 de dezembro, informou em Viena o grupo energético.

O preço do petróleo da OPEP acentua a tendência ascendente que iniciou em meados de fevereiro com esta quarta valorização consecutiva. O barril da OPEP terminou a semana com um valor médio de 31,46 dólares (28,57 euros), a média semanal mais alta desde o início do ano.

Tanto o Brent de referência na Europa como o crude do Texas subiram (4,45% e 3,61%, respetivamente) depois de ter sido anunciado que a OPEP e outros produtores, como a Rússia, vão reunir-se entre 20 de março e 1 de abril para chegar a acordo sobre um congelamento da produção.

  • 2:59 para explicar o mundo: petróleo barato, gasolina cara?

    Desde o verão de 2014 que a cotação do petróleo está em forte queda. E os preços de venda dos combustíveis, caíram tanto? Entre impostos e lucros de gasolineiras, como se reparte a receita da gasolina com que abastecemos os automóveis? Este é o ponto de partida para o primeiro episódio do 2:59, um novo programa de jornalismo de dados em webvídeo do Expresso que decifra fenómenos da atualidade em dois minutos e 59 segundos