Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Auditoria do BdP levou a buscas na KPMG

  • 333

Sikander Sattar, Presidente da KPMG

Nuno Botelho

Informações enviadas pelo regulador ao Ministério Público estão na origem da investigação

As buscas à KPMG, que era a auditora do BES, resultaram da denúncia feita pelo Banco de Portugal (BdP) ao Ministério Público no âmbito da auditoria forense ao BES.

Trata-se do segundo bloco da investigação, que concluiu que havia ineficiências no sistema de controlo interno do banco e violação de normativos internos na aprovação de várias operações de crédito do BES Angola (BESA), entre outros problemas.

A auditora esclareceu que não era visada nas buscas, conduzidas pela Polícia Judiciária na quarta-feira.

  • Operação policial teve início esta manhã e estará relacionada com processos em curso relativos ao universo BES e ao BES Angola