Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Novo Banco dispensa 500 trabalhadores por rescisão amigável

  • 333

A administração do Novo Banco vai avançar para rescisão por mútuo acordo com 500 trabalhadores

A administração do Novo Banco reuniu na passada quinta feira com os sindicatos do sector bancário e com a comissão de trabalhadores do banco, para informar que vai avançar com um programa de rescisão por mútuo acordo que abrange 500 trabalhadores.

O Expresso sabe que será o Novo Banco a contactar os trabalhadores a sair, através de um processo que terá em conta vários critérios que ainda estão a ser definidos. O programa de rescisão terá de ser executado o mais rápidamente possível.

Se as rescisões por mútuo acordo não atingirem os 500 trabalhadores pretendidos, o banco não coloca de parte a hipótese de um despedimento coletivo.

Em causa estão cerca de 500 trabalhadores dos 1000 que o banco estava obrigado a dispensar. Isto porque desde o final de 2015 o banco liderado por Eduardo Stock da Cunha avançou com um processo de reformas antecipadas e com isso conseguiu evitar o seu despedimento.