Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa: BPI em queda após disparo de 4,8%

  • 333

As ações do BPI voltaram à negociação esta quinta-feira depois da suspensão de ontem. Seguem a perder 3% depois de terem chegado a ganhar quase 5%. BCP também cai

As ações do Banco BPI estão a cair em Bolsa depois de terem voltado a negociar esta quinta-feira.

O BPI já esteve a subir 4,8% mas entretanto recuou para terreno negativo e perde 3% para 1,1450 euros (12H40).

A CMVM ordenou ontem de manhã a suspensão da negociação das ações do BPI quando subiam mais de 10% suportadas em notícias de que o CaixaBank estaria a negociar a compra da posição de Isabel dos Santos.

O grupo espanhol controla 44% do BPI e a Santoro, de Isabel dos Santos, detém mais de 18% do capital do banco.

Ontem à noite o CaixaBank e a Santoro confirmaram as conversações para encontrar uma solução para a exposição do BPI a Angola, através do BFA, uma exigência do Banco Central Europeu.

"A única novidade é que agora sabemos que há mesmo conversações. Mas era inevitável dada a pressão do BCE", diz Albino Oliveira, analista da Patris.

"Os acionistas vão ter de se entender. E se houver acordo pode ficar o caminho aberto para uma eventual nova oferta de compra do CaixaBank", afirma.

O BCP também subiu ontem 10,5% com especulação em torno de um eventual cenário de concentração no setor bancário português. Segue agora a perder 2,11% para 0,0371 euros.

O índice PSI-20 soma 0,83% e o índice STOXX Europe para a banca soma 0,01%.