Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Ongoing sob administração judicial na sequência de dificuldades financeiras

  • 333

Nuno Vasconcellos lidera a Ongoing

Nuno Botelho

Foi nomeado um administrador judicial provisório para a Ongoing Strategy Investments, empresa liderada por Nuno Vasconcellos. A enfrentar sérias dificuldades financeiras, a Ongoing entrou em tribunal com um pedido para um Processo Especial de Revitalização

Fernando Silva e Sousa foi nomeado administrador judicial a 29 de fevereiro e será ele que a partir de agora conduzirá as negociações entre a Ongoing e os seus credores. O objetivo do Processo Especial de Revitalização (PER) é evitar a falência. O PER envolve diretamente apenas a Ongoing Strategy Investments, deixando de fora a empresa proprietária do Diário Económico, a S. T. & S. F. O Diário Económico tem salários em atraso há três meses, e foi alvo em janeiro de uma penhora do fisco às receitas geradas pela S.T.&S.F, entretanto levantada.

Com o anúncio do PER os credores da Ongoing têm agora 20 dias para reclamar formalmente os valores que lhes são devidos e a partir daí o administrador judicial terá mais cinco dias para elaborar a lista provisória de créditos.

Na semana passada deu entrada em Tribunal dois processos de execução de dívidas sobre empresas do grupo de Nuno Vasconcellos, ações movidas pela Agência Lusa. Uma cobrando perto de 5 mil euros à Económico TV e outra reclamando o pagamento de 35 mil euros à ST&SF.

A Ongoing foi um dos principais acionistas da PT SGPS e detinha uma pequena participação no Grupo Espírito Santo. A falência do GES e a fusão da PT SGPS e a Oi, pondo fim a uma generosa distribuição dividendos da Portugal Telecom, fragilizou a Ongoing.