Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BCP dispara 10,5% e lidera nas subidas de bancos na Europa

  • 333

As ações do BCP valorizaram 10,5% num dia em que a negociação do BPI em Bolsa foi suspensa por ordem do regulador do mercado.

As ações do Millennium bcp subiram 10,5% nesta quarta-feira mediante especulação de uma consolidação no sector da banca em Portugal no dia em que a negociação do BPI em Bolsa foi suspensa.

O BCP registou a maior subida percentual hoje entre os bancos europeus que integram o índice STOXX Europe 600 para o setcor, que avançou 3,4%.

As ações do banco fecharam a subir 10,5% para 0,0379 euros mas ainda acumulam perdas de 22,5% em 2016.

"O BCP foi contagiado por expectativas de uma concentração no seguimento do que se passa no BPI", disse João Queiroz, diretor de negociação da GoBulling.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) ordenou a suspensão da negociação do BPI quando este valorizava 10,38%. A suspensão é válida até à divulgação de informação relevante.

A agência de notícias Bloomberg avançou esta manhã que o grupo La Caixa, maior acionista do BPI, com 44,1% do capital, está a negociar a compra da posição da investidora angolana Isabel dos Santos, que é a segunda maior acionista, com 18,6%.

Entretanto, o Governo está a estudar a alteração da lei que limita os direitos de voto nas empresas cotadas. Tudo para resolver o impasse que não tem permitido a cisão dos ativos africanos do BPI, incluindo o BFA, para que o banco deixe de estar exposto a Angola e cumpra a regulação imposta.