Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Chineses da TAP perdem aeroporto de Londres para canadianos

  • 333

Getty

Dois mil milhões de libras (€2,6 mil milhões) é quanto um consórcio canadiano pagou pelo aeroporto londrino mais central, ultrapassando os chineses que anunciaram a compra de uma posição na companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman

O London City Airport, aeroporto londrino mais central que serve a City de Londres, foi vendido a um consórcio canadiano constituído pelo fundo de pensões dos professores do Ontário e a Borealis por dois mil milhões de libras (€2,6 mil milhões), segundo a imprensa inglesa.

Na corrida a esta infra-estrutura britânica estava também o grupo chinês Hainan Airlines (HNA), que acaba de comprar uma posição na companhia aérea brasileira Azul, detida por David Neeleman, actual presidente executivo da TAP.