Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

TAP lança novas rotas para os EUA apesar de estar em gestão corrente

  • 333

O chamado “reduto TAP” inclui a sede da empresa, escritórios e oficinas localizados junto ao aeroporto

Tiago Miranda

Empresa anunciou nova operação numa altura em que a sua gestão está condicionada pelas medidas cautelares anunciadas pela ANAC. Rotas ainda estão sujeitas a aprovação governamental

Margarida Fiúza

Margarida Fiúza

nos EUA

Jornalista

A TAP anunciou esta segunda-feira, em Nova Iorque, novos voos diretos diários para Lisboa a partir de Nova Iorque - Aeroporto Internacional John F. Kennedy, que registou um total de 30 milhões de passageiros de viajantes internacionais em 2015, e também de Boston - Aeroporto Internacional Logan.

A decisão surge numa altura em que a administração da empresa se encontra em gestão corrente, na sequência da decisão da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) de avançar com medidas cautelares por causa do anterior modelo de privatização da companhia, em que os privados ficavam com 61% da empresa.

Com tarifas de lançamento a partir de 799 euros, taxas incluídas, para viagens de ida-e-volta, em ambas as rotas, os voos encontram-se abertos à venda a partir desta segunda-feira. As rotas estão sujeitas a aprovação governamental.

O novo serviço diário para Boston tem início em 11 de Junho e o de Nova Iorque - JFK será inaugurado em 1 de Julho. Ambas as linhas serão operadas com os novos aviões Airbus A330 que serão entregues à companhia aérea portuguesa em junho.

A operação será realizada através de uma parceria de voos partilhados com a Jet Blue, companhia norte-americana de David Neeleman.

Além destes dois novos destinos, a TAP serve também Miami e Newark, cidades para as quais a companhia aumenta a sua oferta para voos diários no Verão deste ano, e oferece também voos diretos bissemanais entre o Porto e Newark. No conjunto, a TAP aumenta a sua oferta para 30 voos semanais entre Portugal e os Estados Unidos.

No caso de Nova Iorque - JFK, os voos partem de Lisboa às 17h e chegam ao aeroporto JFK às 20h, e no regresso saem de Nova Iorque pelas 23h30 com chegada a Lisboa pelas 11h30 (dia seguinte).

Para Boston, os voos têm partida de Lisboa às 14h25 e chegada àquela cidade às 17h, partindo no sentido inverso de Boston às 19h45 e chegando a Lisboa às 07h20 (no dia seguinte).

Para o efeito, a TAP vai receber mais dois aviões Airbus A330, aumentando assim a sua frota de longo curso para 20 aeronaves.

Incentivos aos passageiros

A TAP anunciou também esta segunda-feira um novo incentivo aos clientes, através do chamado stopover. Trata-se do tempo de ligação entre dois voos com mais de 24 horas, em que as companhias aéreas incentivam os seus clientes a visitar as cidades durante esse período sem custos adicionais à viagem. Viajar sem pagar de Lisboa para o Porto é uma das iniciativas, referiu David Neeleman.

De acordo com a TAP, está é uma forma de o cliente percecionar que faz duas viagens pelo preço de uma.

"A TAP planeia promover ativamente Portugal nos Estados Unidos como um destino turístico atrativo, e o seu hub de Lisboa como uma porta de entrada privilegiada na Europa, junto dos viajantes norte-americanos".

A companhia vai lançar campanhas promocionais assim como outras iniciativas para divulgar Portugal nos Estados Unidos e proporcionar aos visitantes americanos um programa de incentivos encorajando-os a escolherem Lisboa como escala preferencial nos seus voos de e para a Europa.