Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

TAP duplica voos para Marrocos

  • 333

Voos de Lisboa para Marraquexe passam a ser diários e para Casablanca haverá dois por dia, aumentando a capacidade em 106%

A TAP vai expandir a operação em Marrocos em 80% a partir do verão e operar 10 novos voos para o país, anunciou hoje a companhia aérea portuguesa em Casablanca.

Numa ação apoiada pelo Turismo de Marrocos, a TAP vai passar a fazer dois voos diários de Lisboa para Casablanca, aumentando a capacidade em 106%, dos atuais 22 mil para 47 mil lugares anuais, e também passar a ter voos diários para Marraquexe, onde operava três por semana, e elevando assim a oferta de 18 mil para 25 mil lugares.

"O nosso forte reforço será em Casablanca e a pensar no tráfego de negócios vamos ajustar melhor os horários para ter um voo de manhã e outro de regresso ao fim do dia", adiantou Joaquim Miranda, responsável da TAP pelo mercado de Marrocos, reconhecendo que os horários atuais "não os melhores nos voos de Casablanca para ligações para a Europa a partir de Lisboa. O propósito dos novos horários é melhorar aos passageiros as ligações à Europa, Brasil, África e Estados Unidos".

A TAP transportou no ano passado 54 mil passageiros na rota de Marrocos, e segundo Joaquim Miranda, os passageiros deste país, onde "há uma forte classe média com poder de compra", é um dos principais alvos na expansão desta rota, tendo em vista o hub de Lisboa e as ligações para Europa, Estados Unidos, ou Brasil. Além dos voos para Casablanca e Marraquexe a companhia também em três voos semanais para Tanger, que se irão manter.

Quatro aviões vêm da Azul de Neeleman

A TAP passa também a operar a rota de Marrocos com aviões maiores e mais novos. Os voos para Casablanca eram até à data assegurados por aviões com capacidade máxima de 46 lugares. Para a rota de Marrocos vão ser alocados 8 aviões, dos quais 4 estavam na Azul de David Neeleman em regime de 'leasing' e os restantes 4 vieram da fábrica. "Aproveita-se também para renovar toda a frota da PGA, que tem aviões com uma idade média de 20 anos", refere André Soares, porta-voz de comunicaçao da TAP.

"Vai ser lançada uma campanha de promocional dos voos para Marrocos com preços inferiores a a €200 ida e volta", avançou André Soares.

Air Maroc estuda voos diretos do Porto para Casablanca ou Marraquexe

Segundo Abdellatif Achachin, responsável do Turismo de Marrocos pelo mercado português, o reforço dos voos da TAP corresponde ao "desejo dos empresários portugueses" com negócios neste país (casos da Sovena que está com um investimento forte em olival ou do grupo Pestana que está a avançar com um hotel em Marraquexe) e sublinhou que "não há aqui concorrência, mas complementaridade com a Air Maroc, com a qual estamos a trabalhar no sentido de ter um voo direto do Porto para Casablanca ou Marraquexe, para o norte de Portugal poder ser melhor servido".

No ano passado Marrocos recebeu 63 mil turistas portugueses, e o objetivo em 2016 passa por um aumento de 3%, também fruto de campanhas que o Turismo de Marrocos quer avançar, tendo sobretudo como foco Marraquexe, o principal destino de lazer do país.