Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Polémica das obrigações. Novo golpe para os investidores do Novo Banco

Os investidores que se tentararm proteger de um incumprimento do Novo Banco não poderão ser ressarcidos pela transferência de obrigações para o BES mau

A transferência de cinco obrigações do Novo Banco para o BES não constitui um evento de crédito.

É esta a conclusão do painel externo do Comité de avaliação da ISDA-Associação Internacional de Swaps e Derivados .

A decisão sobre a transferência de obrigações foi tomada pelo Banco de Portugal e anunciada a 29 de dezembro último.

Na eventualidade de ser considerado um evento de crédito, os subscritores de credit default swaps (seguros de crédito) poderiam acioná-los. Ou seja, todos os que compraram seguros contra o risco de incumprimento por parte do Novo Banco.

"Concluímos unanimemente que um evento de crédito por intervenção governamental não ocorreu", refere a nota do painel externo divulgada pela ISDA.