Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Maço de cigarros pode aumentar entre 10 e 20 cêntimos

  • 333

Alberto Frias

Governo decide taxar mais o tabaco do que estava previsto incialmente. Maço de cigarros pode ficar entre 10 e 20 cêntimos mais caro, diz o sector.

O preço do maço de cigarros vai aumentar entre 10 e 20 cêntimos, segundo as contas do sector citadas por vários jornais diários tendo em conta o aumento do imposto inscrito na proposta de Orçamento do Estado para 2016.

Sobre este imposto recai ainda o IVA de 23%, sendo que as subidas de preço vão depender das marcas de tabaco e do seu preço de venda ao público.

O Governo quer encaixar mais 145 milhões de euros do que incialmente tinha previsto.

O imposto sobre o tabaco tem dois elementos: um específico e outro ad valorem. A mexida, para cima, é no elemento específico que passa de 88,20 euros por cada mil cigarros, para 90,85 euros por cada milheiro. O ad valorem mantém-se em 17%, percentagem que incide sobre os preços de venda ao público de todos os tipos de cigarros.

O tabaco de corte fino destinado a cigarros de enrolar e os restantes tabacos de fumar, o rapé, o tabaco de mascar e o tabaco aquecido também aumentam já que o elemento específico do imposto passa de 0,075 euros por grama para 0,078 euros por grama.