Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Wall Street abre com ganhos, mas Europa mantem-se no vermelho

  • 333

Com o preço do barril de petróleo em alta depois das declarações do ministro russo dos Estrangeiros, as bolsas de Nova Iorque abriram esta quarta-feira em terreno positivo. A maioria das principais bolsas europeias ainda está a registar perdas, com Madrid a liderar as descidas. Lisboa em linha com as quedas

Jorge Nascimento Rodrigues

As duas bolsas de Nova Iorque acabam de abrir em terreno positivo, com o índice Dow Jones 30 a registar uma subida de 0,58%, o índice S&P 500 a subir 0,68%, e o índice do Nasdaq, a bolsa das tecnológicas, a avançar 0,67%.

Depois do fecho no vermelho da Ásia, com Tóquio a cair mais de 3%, e a maioria das principais bolsas europeias a registar ainda perdas esta quarta-feira, Wall Street e a bolsa das tecnológicas resistem, na abertura, à maré vermelha. Mas a tendência da sessão pode não estar ainda definida com os futuros em Wall Street "mistos".

A trajetória altista no mercado petrolífero está a alimentar algum otimismo inicial de Nova Iorque. O preço do barril de Brent, variedade europeia de referência internacional, subiu, na abertura da sessão norte-americana, para 33,72 dólares, um aumento de quase 4% em relação ao fecho do dia anterior.

As declarações desta manhã do ministro russo dos Estrangeiros Sergei Lavrov, alimentando, de novo, a expetativa de uma “coordenação” para um corte da produção entre o cartel da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e a Rússia (que não é membro do cartel, mas é um dos três maiores produtores do mundo, conjuntamente com a Arábia Saudita e os Estados Unidos), voltaram a reanimar o mercado do crude.

Na Europa, o índice Eurostoxx 50 (das cinquenta principais cotadas na zona euro) está a negociar ainda em terreno negativo, perdendo 0,5%. A liderar as quedas nas principais praças financeiras europeias está o índice Ibex 35, da Bolsa de Madrid, que perde 1,4% no momento de abertura de Nova Iorque. Em terreno positivo, com subidas modestas, estão os índices SMI de Zurique e AEX de Amesterdão. O índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, regista uma perda de 0,28%.