Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Autoridade do Trabalho quer infiltrar inspetores em entrevistas de emprego

  • 333

Inspetor-geral do Trabalho defende que só dessa forma é possível confirmar algumas denúncias e confirmar a prática de de anúncios de recrutamento “claramente fraudulentos”

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) quer alterar a lei para que seja possível 'infiltrar' inspetores que se façam passar por trabalhadores em entrevistas de emprego. A ideia foi avançada à TSF pelo inspetor-geral do Trabalho, Pedro Pimenta Braz, defendendo que esta seria a única forma de confirmar algumas das denúncias que tem recebido.

Em causa estão, por exemplo, entrevistas de emprego que configuram recrutamentos ilegais de portugueses para o estrangeiro ou situações de discriminação de trabalhadoras grávidas.

Em declarações à TSF, o inspetor-geral do Trabalho explica que mesmo que as denúncias sejam apresentadas à ACT ou que seja possível ver todos os dias nos jornais anúncios de recrutamento "claramente fraudulentos", torna-se depois virtualmente impossível confirmar estas situações na medida em que os inspetores não conseguem estar na situação dos trabalhadores.

Pedro Pimenta Braz recorda, a esse propósito, que a lei permite a infiltração de agentes por parte das polícias, mas que esse poder está verdade à ACT.