Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Estação de Santa Apolónia vai ser um hostel

  • 333

FOTO DR

O presidente da Infraestruturas de Portugal, António Ramalho, diz que o edifício da estação ferroviária tem grande potencial como hostel, por estar perto do terminal de Cruzeiros de Lisboa

A estação de Santa Apolónia deverá ter uma utilização mais rentável, podendo ser utilizada para outros fins, sem ser exclusivamente dedicada a um terminal ferroviário, admitiu hoje o presidente da Infraestruturas de Portugal (IP), António Ramalho. Um dos melhores exemplos de novas utilizações de estações da IP têm sido dados pelo "reaproveitamento comercial dos espaços como unidades turísticas ou como hosteis".

"Mesmo ao lado de Santa Apolónia temos o Terminal de Cruzeiros de Lisboa, o que torna o espaço de Santa Apolónia numa localização com alto potencial comercial para quem vem visitar Lisboa", comentou ao Expresso o presidente da IP.

"O nosso objetivo é valorizar a estação de Santa Apolónia, tirando o máximo partido do seu potencial comercial", refere António Ramalho. "Não se trata de retirar os trabalhadores desta estação, mas de aproveitar o seu potencial para outras utilizações", adiantou, até porque também há trabalhadores da IP que estão a ser transferidos do Palácio Coimbra para as instalações de Santa Apolónia.

Aliás, António Ramalho recorda que a IP já tem a experiência de outros projetos semelhantes, como o reaproveitamento da Estação do Rossio, que tem vindo a gerar cerca de um milhão de euros por ano, ou a estação de São Bento, no Porto, onde vão perto de 4.000 visitantes anuais que não vão lá para viajarem de comboio.

  • Estação de S. Bento vai acolher hotel e lojas

    A Infraestruturas de Portugal está a negociar parcerias com instituições e empresas, visando a ocupação comercial de uma área de 9000 metros quadrados desaproveitada na estação ferroviária do Porto

  • As mil faces de uma estação

    Há quem esteja sempre só de passagem e quem faça dela uma segunda casa. Há quem vá lá quase diariamente sem nunca ter apanhado um comboio e quem chegue de terras bem distantes. Santa Apolónia é a mais antiga estação de Lisboa: este ano completa um século e meio de existência. O Expresso passou 24 horas em Santa Apolónia e foi conhecer as vidas que habitam uma das estações mais históricas do país. E o que pensam eles se a estação um dia fosse encerrada e transformada num grande jardim, como propôs um vereador lisboeta?