Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fundos europeus abrem guerra no Douro

  • 333

É nos estaleiros de Viana do Castelo
que está a ser construído o navio-hotel
da Scenic Luxury Cruises &Tours

Rui Duarte Silva

Australianos da Scenic contam com €4,5 milhões do Portugal 2020 para furar a hegemonia da Douro Azul

Não é um barco qualquer este navio-hotel de luxo que os estaleiros navais de Viana do Castelo estão a construir para os australianos da Scenic Luxury Cruises & Tours.

Quando a Martifer concluir o navio em março e o “Scenic Azure” partir para o cruzeiro inaugural em abril, estará posta em causa a hegemonia que a Douro Azul do português Mário Ferreira consolidou nas duas últimas décadas em torno do negócio dos cruzeiros fluviais de luxo no rio Douro.

A Scenic diz ser a primeira operadora a lançar-se no rio Douro com um barco próprio quando rivais como a Uniworld, a AmaWaterways ou a Viking River Cruises operam todos neste rio através de navios alugados à Douro Azul, que é simultaneamente operador e fornecedor de navios à concorrência internacional.

Apesar de ninguém pagar menos de €5600 para entrar a bordo do “Scenic Azure”, este novo cruzeiro no Douro esgotou em poucas semanas a temporada de 2016 e já tem metade da temporada de 2017 vendida.

Leia mais na edição deste fim de semana