Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Lisboa novamente no vermelho

  • 333

Depois de ter encerrado a sessão da última sexta-feira a cair 3,78%, o PSI20 arranca a nova semana a negociar novamente em baixa

A Bolsa de Lisboa abriu esta segunda-feira em terreno negativo, com o PSI20, o índice de referência da praça lisboeta, a cair 0,45%, para os 4.811,41 pontos.

São as cotadas do sector energético as que mais descem, pressionadas pela queda das cotações do petróleo. A Galp Energia é a mais penalizada, a cair 1,33% (para os 9,50 euros), seguida da EDP, que desvaloriza 0,79% (3,02 euros), e da EDP Renováveis, que recua 0,38% (para 6,9 euros).

Também no sector financeiro, as cotadas estão no vermelho, com o BCP a cair 0,71% (4,22 cêntimos) e o BPI 0,59% (1 euro).

Contudo, a empresa que mais cai, nesta abertura, é a Altri, que recua 4,78%.

Na sexta-feira, a Bolsa de Lisboa registou uma queda acentuada, com o índice PSI20 a recuar 3,78%, para os 4.832,93 pontos, num dia em que as principais bolsas europeias também encerraram a perder.

As 17 cotadas que integram o PSI20 encerraram todas em terreno negativo e a Mota-Engil liderou as descidas, com um recuo de 8,91%.

Nas bolsas europeias, Londres registou perdas de 1,93%, Paris desceu 2,38%, Frankfurt cedeu 2,54% e Madrid recuou 2,78%, quedas atribuídas à desvalorização do preço do petróleo.